Carlos Díaz-Scharff

Advogado.

Membro da Ordem dos Advogados de Madrid e da Ordem dos Advogados do Luxemburgo.

Privilegia o seu exercício e a sua formação nas seguintes áreas: i) O compliance, blockchain  e ethereum e a sua relação com as empresas, ii) Direito de família, iii) Visto de investidor e a sua relação nos sistemas jurídicos luxemburguês, espanhol e português.

  • Mestrado em Direito Espanhol (LL.M.). Faculdade de Direito. Universidade de Valladolid – Espanha (2006);
  • Licenciatura em Direito. Faculdade de Direito, Universidade de Valladolid – Espanha (2006). Faculdade de Direito, Universidade de San Martin de Porres – Lima (1985):
  • Curso de especialização em Segurança, Higiene e Saúde. Centro de Estudos e Formação Avançada em Gestão. Universidade de Évora – Portugal (2005);
  • Magister em Direito da União Europeia. Faculdade de Direito. Universidade Complutense de Madrid – Espanha (1996).
  • Programa de Doutoramento em Estudos Europeus, variante jurídica. Instituto Universitário Ortega y Gasset. Universidade Complutense de Madrid – Espanha (1999);
  • Pós-graduação em “Estratégias de Exportação”. Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG), Universidade de Lisboa, Portugal (1994);
  • Curso de Teologia Básica. Instituto Bíblico Palavra da Vida. Lisboa – Portugal (1990).

Desde 2007 até ao presente tem vindo a aprofundar a sua prática jurídica, em primeiro lugar, relativamente à aplicação do visto de investidor, blockchain ethereum nos diferentes sistemas jurídicos da União Europeia, em segundo lugar, na jurisdição espanhola em matérias relacionadas com o direito da família, em terceiro lugar, na jurisdição luxemburguesa em assuntos que dizem respeito ao direito de sociedades. Durante o período entre 2015 e 2017 presta serviços no âmbito do Turno de Oficio de Madrid, nas áreas civil, família e menores.

Desde 2014 até à data, é Presidente do Conselho de Administração do Centro de Apoio ao Desenvolvimento das Relações Luso – Peruanas, com sede em Lisboa – Portugal.

Durante um longo período (1991 – 2006), como gerente da empresa portuguesa Scharff, Lda., desenvolveu as suas atividades profissionais na área jurídico-linguística, no sector da cooperação judicial internacional, em colaboração permanente com entidades da administração pública portuguesa, tais como o Ministério Público, o Tribunal Superior de Lisboa, o Departamento de Investigação e Ação Penal, o Ministério Público e os Tribunais de Cascais, Loures, Lisboa e Oeiras.

Em Lima, durante o período entre 1983 e 1989, realizou as seguintes atividades:

  • Estágio judicial no 1º Tribunal Civil de Lima e no prestigioso escritório de advogados Leyton & Asociados Abogados especializado em áreas como o direito marítimo, naval, administrativo e aduaneiro (1983-1985);
  • Professor do ensino superior não universitário, disciplina “Legislação do Turismo”. Da mesma forma, prestou serviços jurídicos, como advogado, a várias empresas do sector empresarial peruano (1986);
  • Durante 3 anos (1987-1989), na empresa franco-suíça Société Générale de Surveillance, desempenhou funções relacionadas com a verificação e a inspeção dos processos dos produtos agroindustriais de exportação.

Línguas de trabalho: espanhol, francês e português. Conhecimentos básicos de inglês e alemão.